TripCirco


O circo é o corpo em movimento
O exercício em suma é de vital importância para o ser humano, tanto na parte locomotora, aeróbica, quanto flexibilidade. A escola TripCirco, através do seu vasto conhecimento de técnicas circenses, abre suas portas para ensinar e aprimorar todas as pessoas de qualquer idade sobre este conhecimento, unindo o exercício físico ao conhecimento circense. Com destreza, força e habilidades, os professores demonstram e ensinam diversas modalidades, fazendo com que o aluno adquira conhecimento e capacidade circense. Sem contar todas os benefícios que o exercício traz ao corpo.

O espaço Tripcirco oferece uma variedade de cursos e oficinas na área circense com um cronograma anual de atividades regulares. O resultado dessas oficinas é apresentado em um espetáculo de fim de ano com a participação dos alunos.

Marque uma aula experimental para conhecer nosso espaço e atividades realizadas.

Cronograma

CRONOGRAMA 2020 OFICIAL

Professores

Hevelin Maia Vasconcelos

Hevelin Vasconcelos, ex ginasta Rítmica, bi-campeã brasileira pela quipe Aginarc, praticou Ginastica Rítmica pelo período de 8 anos (de 2003 a 2009), iniciou suas atividades Circenses aos 6 anos de idade no Circo da Cidade - Lona Zé Preguiça Vila Guaíra no ano de 2002 a 2004, em 2010 começou a dançar pelo grupo Ori Gem Dance Escola de Dança (ONG Afro Globo Fórum Cultural) onde recomeçou suas pesquisas Rítmica e acrobática, assim retornando a pratica Circense no ano de 2015 pela TripCirco Escola Experimental e após aprimorou suas pesquisas acrobáticas voltadas a acrobacias aéreas, Acrobacias combinadas e flexibilidade na Cia. TripCirco. Atua como professora de flexibilidade, saúde corporal e circo.

Especialidades: Flexibilidade, Contorcionista, Paradista, desenvolvedora de atividades de dança contemporânea e clássica e Acrobacias Aéreas.
Jorge Nicolas Ferreyra

Começou sua carreira artística profissionalmente em 2007. Seu primeiro curso técnico foi em Contagem BH onde aperfeiçoou técnicas de tecido, trapézio, acrobacias de solo e mão a mão, malabares e equilíbrio em corda bamba, perna de pau e bola, durante um período de 6 meses. Também fazendo Workshops em Convenções de Circo e Festivais. Atuou em espetáculos como: Ecos do Mundo (Cia TripCirco), O Retorno dos Piratas (Cia TripCirco), Malandra (Cia TripCirco), Desfile da luz, Espetáculo de Natal no Shopping Cidade (Mahallo) entre outros. Ministrou aulas de Circo em Cia de Vida, Espaço Cenário, Circoito, TripCiro escola, Acamparte.

Especialidades: Malabarista, mágico, acrobata, desenvolvedor de atividades de dança como Breacking e Tango, e na parte humorísticas atividades de Palhaço.
Yan Carlos Melo Pagliano

Começou a participar de atividades circenses promovidas pela TripCirco desde os 5 anos de idade, e treina como ginasta desde os 8 anos. Aos 14 anos fez parte do espetáculo "O Retorno dos Piratas" e "Trip Circo Pocket Show”, ambos os espetáculos feitos pela Cia. TripCirco. Aos 12 anos foi ganhador da convenção de freestyle do Paraguai de 2014.

Especialidades: Acrobacias de solo e em dupla, malabares, e equilíbrio.
Iara González Melo

Iniciou suas atividades circenses em 2001 na cidade de São Paulo com malabares; entre o período de 2001 a 2005 desenvolveu suas técnicas circenses em cursos de acrobacias áreas e equilíbrio no Tendal da Lapa e palhaço com o grupo Circo Clã em São Paulo - SP. Desde 2006, já em Curitiba, vem aperfeiçoando suas técnicas circenses. Participou de cursos de palhaços e improvisação. Em destaque os professores Alípio, Sarrafo, Pepe e João Artigos. Na acrobacia de solo participou de cursos com professor Mário Borges e Kaue Andryh da Escola Nacional de Circo. Na escola TripCirco participou de diversos cursos como aéreos, equilíbrio e malabares com os professores Adrian e Camila. Já ministrou oficinas no Circo da Cidade, Campo Base, e TripCirco. Também dirigiu espetáculos no Circo da cidade de 2008 a 2011 e no Circo Zé Preguiça em 2016.

Especialidades: Acrobacias aéreas e malabares.
Talita Carolina Linares

Iniciou sua vida no circo em 2015, em aulas de acrobacia aérea. Logo em 2016 iniciou os estudos práticos no projeto de extensão de Circo da Universidade Federal do Paraná – UFPR, tanto com preparo físico quando no conhecimento de diferentes modalidades de circo: acrobacias de solo em grupo, solo e duo, acrobacias aéreas, malabares, entre outros. Nos treinos da UFPR também teve iniciação com o teatro e técnicas de clown, em atividades de desenvolvimento artístico corporal. Estuda a relação do corpo e ritmo, entendendo que a conexão da musica com o circo é intrínseca e inerente ao movimento. Como profissional busca trazer clareza e consciência à relação entre corpo, movimento e musica: a dança. Pois acredita que muito mais do que técnica, o circo é expressão, é arte. Com este propósito em mente inicia sua participação em projetos circenses locais, atuando em diferentes modalidades. Como o projeto “Circo de Arame”, com o espetáculo “O palhaço que perdeu a graça”, em cartaz por todo o mês de Setembro de 2019. Desde que começou a direcionar suas escolhas e intenções na arte do circo, tenta aprimorar os conhecimentos que tem obtido, relacionando diferentes meios da arte e buscando novas formas de expressão artística e comunicação corporal.

Especialidades: Acrobacias Aéreas.
Gabriel Monteiro

Gabriel Monteiro, começou no Teatro aos 9 anos, estudou percussão por 6 anos, sendo 4 foram focados em bateria, e dois em percussão em geral (2012-2018), faz teatro a 7 anos no Colégio Estadual do Paraná (2013-presente), onde participou de diversos grupos, como ator, iluminador, sonoplasta. Foi professor de teatro infantil pelo período de X anos, integrou no Grupo de Teatro Musical por 2 anos (2018-2019) e cursa o Ensino Médio Integrado Técnico em Teatro (2017-2020) e faz parte da Companhia 2°ato a um ano e meio (2018-presente). Na âmbito circense, iniciou suas pesquisas por 4 meses voltadas a malabarismo, quando começou a fazer aula no espaço Trip Circo (2019-presente) onde tenta se aperfeiçoar em variadas áreas circenses. No inicio de 2019 iniciou sua pesquisa na palhaçaria, onde encontrou seu palhaço Susir. Atua como professor de circo infantil.

Especialidades:
Yagho Fernando Panichi

Participou de diversos campeonatos e festivais pelo Brasil como atleta e júri, instrutor e treinador a mais de 6 anos , ministrando cursos auloes e capacitações pelo Brasil. Além de ter sido eleito top 20 entre os latinos americanos pela UPA ( United Pole Artists) 2016.

Especialidades: Pole Dance.
Yuna Rosa

Trabalhou com dança desde 1998. Tem formação em ballet baby class e juvenil contemporâneas, jazz, capoeira, dança do ventre e danças urbanas. Já trabalhou pelo Brasil e no exterior dando aulas em escolas e academias.

Especialidades: Dança.